O MISTÉRIO DOS “COGUMELOS TRANSPARENTES”


Sem título1Cientistas australianos identificaram por meio de análise genética a origem do “cogumelo” encontrado a grandes profundidades no mar. A criatura gelatinosa foi vista pela primeira vez há 30 anos na Tasmânia, no Pacífico. Ela tem uma haste cilíndrica coberta por um disco plano e semi-transparente que abriga uma ramificação de canais visíveis a olho nu.

         Os espécimes originais foram descritos por cientistas pela primeira vez em 2014 por uma equipe de pesquisa dinamarquesa. Esses pesquisadores afirmaram que essas criaturas fazem parte de um grupo taxonômico único, segundo estudo publicado no periódico científico PLOS One.

Mas os cientistas não validaram isso com evidências genéticas, em parte por causa da forma como os espécimes haviam sido preservados, mantendo no ar a dúvida sobre sua real natureza. “Eles chegaram a coletar amostras, mas o material se deteriorou”, diz Tim O’Hara, curador sênior do Museu Victoria, em Melbourne, na Austrália.

            O’Hara diz que, assim como na Ciência Forense e na Medicina, o DNA tornou-se “peça essencial do ‘kit de ferramentas’ de um zoólogo. Hoje, publicar a descoberta de um novo sub-reino sem mostrar como ele se relaciona com outros animais por meio do DNA é uma forma antiquada de trabalhar.”

Mas, no fim de 2015, uma nova expedição coletou novas amostras, que estavam a 2,8 mil metros de profundidade no litoral sul da Austrália. “Foi um momento ‘eureca!’ “, diz Hugh MacIntosh, pesquisador sênior do Museu Victoria que identificou as criaturas em novembro passado. “Ao segurar um contra a luz e ver suas veias bifurcadas características irradiando pelo corpo transparente, percebi que havíamos acabado de reencontrar o Dendogramma.”

Leia mais

Veja também

EMBARCANDO NA REAL

Precisamos decidir, para o bem de todos, que a pesca não tem nada a ver ...

UMA PRAIA, UMA GAROTA, UM TUBARÃO

A praia é deslumbrante: uma baía pequena e isolada, com ondas de um azul-turquesa cristalino ...

PESCADORES E MARINHEIROS

Pescadores portugueses estão à beira de um ataque de nervos. Comandante do porta-aviões USS Theodore ...

A PESTE E AS RUÍNAS

A peste é o nosso calcanhar de Aquiles. A tragédia está batendo em nossa porta ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *