TRÊS MERGULHOS

sem-titulo3Mergulhador faz fotos incríveis com baleias. Russos batem recorde de mergulho sob o gelo. Mergulhadores desvendam mistério de quase um século ao encontrar rebocador da Marinha dos EUA.

*O australiano Will Rosner fazia um mergulho na região de Vavaʻu, em Tonga, quando conseguiu fazer uma foto incrível com uma baleia jubarte que cruzou o seu caminho. Além da foto com direito a “photobomb”, que viralizou no Instagram, o mergulhador ainda fez registros impressionantes com as outras baleias no local. Em sua página na rede social, ele relatou a experiência de nadar com os animais que, segundo ele, eram tão brincalhões quanto cachorros alegres. “Eu nunca imaginei o quão curiosa uma baleia poderia ser. Esta jubarte ficou nadando com a gente, brincando, mergulhando, cantando, dançando e jogando água sobre a gente por 30 minutos”, disse.

**Um grupo de mergulhadores russos estabeleceu o recorde mundial de profundidade no mergulho sob o gelo, chegando a 102 m abaixo da superfície, durante uma expedição ao mar Branco. A expedição integrou o projeto “Os 13 Mares da Rússia” e teve por objetivo testar equipamentos submarinos, além de desenvolver novos métodos para salvar pessoas em grandes profundidades. “Estamos constantemente treinando em condições muito complexas e profundidades extremas”, disse o líder da equipe de mergulho da expedição, Dmítri Schiller. “É muito frio lá, e enfrentamos temperaturas negativas. As chances de o equipamento quebrar são dez vezes maiores do que em condições normais, fora a adrenalina.”

*** Um rebocador americano desaparecido desde 1921 foi encontrado perto das ilhas Farallones, a cerca de 50 km de San Francisco.  O USS Conestoga desapareceu após sair de San Francisco em 25 de março de 1921 com 56 pessoas a bordo. Ele estava a caminho da Samoa Americana. O desaparecimento deu início a uma intensa e vasta busca no oceano, encerrada sem êxito três meses depois. Foi a maior operação de busca da Marinha americana até então. Mas ela ocorreu entre o Havaí e a costa mexicana, e o navio acabou sendo encontrado, em 2009, em uma mapeamento de rotina na costa da Califórnia. Os pesquisadores acreditam que o navio afundou quando tentava chegar a uma enseada para se proteger de ventos fortes e do mar agitado.

sem-titulo4

 

Mergulhador e baleias

Mergulhadores russos

Mergulhadores americanos

Veja também

UMA PRAIA, UMA GAROTA, UM TUBARÃO

A praia é deslumbrante: uma baía pequena e isolada, com ondas de um azul-turquesa cristalino ...

PEIXE MORTÍFERO

PEIXE MORTÍFERO Uma cidade do Japão transmitiu um alerta de emergência depois que porções potencialmente ...

UM MAR DE EVENTOS EM 2018

UM MAR DE EVENTOS EM 2018 Quem trabalha na produção, processamento ou comercialização de pescado ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *