Home » Destaques » UM GRANDE PARCEIRO DA PESCA

UM GRANDE PARCEIRO DA PESCA

Quando se fala hoje da transferência da pesca para o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), pelo menos aqui em nosso estado a nossa casa tem um endereço certo: a Federação de Agricultura, Pesca e Pecuária do Rio de Janeiro (Faerj). Essa parceria tem um nome: Rodolfo Tavares

Rodolfo Tavares: um amigo da pesca, um armador honorário do Saperj / Foto: Alerj

Lá no distante ano de 2009, as oportunidades e desafios da indústria pesqueira  foram tema debate “Diagnóstico da Cadeia Produtiva da Pesca Marítima no Estado do Rio de Janeiro”,  realizado pelo Fórum de Desenvolvimento do Rio num dia 12 de agosto (quarta-feira), no plenário da Assembleia Legislativa (Alerj). Na ocasião foi apresentado estudo inédito organizado pela Federação de Agricultura, Pesca e Pecuária do Rio de Janeiro (Faerj) em parceria com o Sebrae-RJ, que trouxe um mapeamento da pesca comercial no estado, incluindo histórico da atividade, implicações sociais, impacto na economia e regulamentação governamental.

Na apresentação do “Diagnóstico”, Rodolfo Tavares escrevia: “O  Diagnóstico  do  Setor  Pesqueiro  do  Estado  do  Rio  de  Janeiro  é  o  resultado  de  mais  uma    parceria  entre  a  Faerj  e  o Sebrae-RJ, que tem como visada a qualificação dos problemas da pesca, para que, através do conhecimento, tenhamos a coragem de enfrentá-los, junto com o poder público e a sociedade fluminense. A  estratégia  de  unir  a  pesquisa  científica  ao  conhecimento  empírico  tem  produzido  resultados  excelentes  na transferência de tecnologia aos atores das cadeias produtivas do estado, trabalhadores e empreendedores. Fica  aqui  o  desafio  para  a  nossa  geração:  olharmos  o  território  do  Estado  do  Rio  de  Janeiro  com  a  inclusão  da  zona  econômica exclusiva marítima, por sua importância, para o  desenvolvimento e o progresso do Estado e do País. Esse trabalho é uma homenagem da Faerj/Sebrae-RJ aos homens do mar, na saudosa memória de Ignácio Baltazar do Couto, eterno presidente do Sindicato dos Armadores de Pesca do Estado do Rio de Janeiro – Saperj.”

Durante os debates na ALERJ,  Rodolfo Tavares afirmava que  apresentação do diagnóstico era apenas o primeiro passo. “A nossa área de exploração pesqueira no mar corresponde a quatro vezes o tamanho do estado. Apesar de todo esse potencial, a infraestrutura ainda é precária”, explicava Tavares. E lembrava que a modernização dos postos de descarga (na época eram 36 em toda a costa fluminense) e a construção de um terminal pesqueiro eram demandas antigas e que deveriam se tornar urgentes. E completava: “A pesca também tem uma função social aliada à questão econômica: garante sustento das famílias que trabalham nesse segmento e é fonte de proteína barata para a população de baixa renda”.

Em 2014, portanto cinco anos depois, foi assinado pela CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) e pelo então Ministério da Pesca e da Aquicultura um protocolo que tinha como principal objetivo desenvolver uma nova Plataforma de Gestão da Pesca e Aquicultura (PGPA). O compromisso firmado em audiência no então  ministério previa, também, o aperfeiçoamento e a manutenção do software aplicativo que permitisse  o rastreamento da cadeia produtiva da pesca, indicando a origem de toda a produção nacional. Esse protocolo assinado tendo por testemunha o presidente da Faerj (Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Rio de Janeiro), Rodolfo Tavares.

Além da assinatura do protocolo, o SAPERJ, com o apoio de Rodolfo Tavares, levou a proposta de se construir uma estrutura para atracadouro dos barcos da frota pesqueira na região do Barreto, em Niterói. Além de atracar suas embarcações, os pescadores fluminenses precisavam contar com uma estrutura que lhes permitisse reabastecer os barcos e, ter acesso ao fornecimento de energia elétrica e de gelo, imprescindíveis à conservação do produto até sua distribuição.

Por sua longa parceria, Rodolfo Tavares é um amigo da pesca e um armador honorário do Saperj.

Além disso, Verifique

HISTÓRIA DE UM NAUFRÁGIO

Pescador narra como viu o naufrágio da embarcação de irmão em alto-mar. “Quem nasce na ...

BARCO COVARDIA

Navio contra imigrantes é fretado pela extrema-direita e cria polêmica na Europa. Embarcação é mantida ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*