QUER VENDER SEU PEIXE NO ORIENTE MÉDIO?

A Sial Abu Dhabi é a porta de entrada para o setor alimentício no Oriente Médio e o governo brasileiro quer que o pescado apareça por lá. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE), Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Câmara de Comércio Árabe Brasileira convidaram oficialmente o segmento para integrar o grupo de representantes brasileiros.

A 8ª edição da Sial Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, é considerado o evento de alimentos e bebidas de mais rápido crescimento na região do Oriente Médio. Em 2016, o evento atraiu 952 expositores, mais de 30 pavilhões nacionais e 16.562 visitantes.

Na edição de 2017, entre 12 e 14 de dezembro de 2017, o Brasil terá um pavilhão específico para a promoção de produtos alimentícios brasileiros com estrutura para empresas expositoras, participação em catálogo institucional e apoio de recepcionistas bilíngues.

Os custos com a contratação do espaço na feira, montagem dos estandes, apoio de recepcionistas bilíngues e confecção do catálogo do Pavilhão do Brasil serão de responsabilidade do governo brasileiro. As demais despesas, como passagens aéreas, alimentação, hospedagem, correrão por conta dos participantes.

Inscreva-se aqui. As vagas são limitadas e a inscrição vai até 29 de outubro.

 Geração de negócios – Além da participação na feira, o Mapa, em parceria com a Embaixada dos Emirados Árabes, realizará o Brazil-United Arab Emirates Agribusiness Investor Road Show, em dia 23 de outubro de 2017, em Brasília, das 14:00 às 18:00 horas.

O evento terá rodadas de negociação entre empresas brasileiras do agronegócio e delegação de alto nível de investidores de Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos), representando as organizações: Food Security Center, Abu Dhabi Food Control Authority, Farmers Service Center, Al-Dhahirah Agricultural Company, Al-Dhahirah ACX Feed and Nutrition Company, Agthia and Al Foa Dates Company, Emirates Food Industries Group, National Feed Company, Emirates Food Industries Group, Elite-Agro Group of Companies, Emirates Future Company, Agility (Abu Dhabi) e Jenaan Investment Company.

Nas rodadas de negócios, empresas brasileiras terão espaço para apresentar aos investidores árabes os seus projetos de captação de investimentos. O principal interesse dos investidores está voltado para os setores de frutas, orgânicos, lácteos, proteína animal, arroz, milho, outros grãos e sementes, alimentos processados, além de energias alternativas.

Mais informações e a ficha de inscrição aqui.

Para quem não pretende expor na feira ou participar da Rodada, há uma terceira opção. A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), a Confederação Nacional da Indústria (CNI), por meio da Rede Brasileira dos Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN), e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil) farão uma Missão Prospectiva à Feira SIAL, no período de 10 a 14 de dezembro.

Confira

 

 

Veja também

UMA PRAIA, UMA GAROTA, UM TUBARÃO

A praia é deslumbrante: uma baía pequena e isolada, com ondas de um azul-turquesa cristalino ...

PEIXE MORTÍFERO

PEIXE MORTÍFERO Uma cidade do Japão transmitiu um alerta de emergência depois que porções potencialmente ...

UM MAR DE EVENTOS EM 2018

UM MAR DE EVENTOS EM 2018 Quem trabalha na produção, processamento ou comercialização de pescado ...