O NAVEGANTE EZRA POUND

“Em vigílias sem fim fiquei, o barco / Rodopiando entre os recifes” / Imagem: eNotes.com

 

“Sem ouvir nada além do mar amargo” /Pound fotografado por Richard Avedon

 

“Eu moro em móvel mar” / Pound, by Wyndham Lewis (1939)

 

Ezra Pound (1885-1972), poeta e ensaísta norte-americano, autor de Os Cantos, talvez o maior poema do século XX. “A má linguagem está fadada a fazer um mau governo, enquanto que a boa linguagem não está destinada a fazer um mau governo. Isso também é Confúcio: se as ordens não forem claras, não podem ser executadas”, disse numa entrevista. Pound foi um marinheiro de altas ondas. Ele traduziu o poema anglo-saxônico “The Seafarer” (séc. X) para o inglês moderno. Leia a tradução da tradução do trecho inicial perfeita por Augusto de Campos.

Possa eu contar em veros versos vários,
No jargão da jornada, como dias duros
Sofrendo suportei.
Terríveis sobressaltos me assaltaram
E em meu batel vivi muitos embates,
Duras marés, e ali, noites a fio,
Em vigílias sem fim fiquei, o barco
Rodopiando entre os recifes. Frio-aflitos
Os pés pela geada congelados.
Granizo – seus grilhões; suspiros muitos
Partiram do meu peito, e a fome fez
Feridas no meu brio. Para ver
Quanto vale viver em terra firme,
Ouçam como, danado, em mar de gelo,
Venci o inverno a vogar, pobre proscrito,
Privado de meus companheiros;
Gosma de gelo, granizo-grudado
Sem ouvir nada além do mar amargo,
A onda froco-fria e o grasnido do cisne
No meu ouvido como um gruir de ganso,
Riso de aves marinhas sobre mim,
Pés d’água, entre penhascos, contra a popa,
Plumas de gelo. E às vezes a águia guaia
Com borrifos nas guias.
Nenhum teto
Protege o navegante ao mar entregue.
É o que não sabe o que vai em vida mansa,
Rico e risonho, os pés na terra estável,
Enquanto, meio-morto, mourejando,
Eu moro em móvel mar.

 

Os 130 anos de Ezra Pound

https://perspectivaonline.com.br/2015/10/30/130-anos-de-ezra-pound/

Ezra Pound – poemas

https://www.revistaprosaversoearte.com/ezra-pound-poemas/

Mais poemas de Pound

http://diplo.org.br/imprima2684

Veja também

O BARQUINHO

    No início deste ano, atendendo a um pedido de dois garotos escoceses, os ...

ONDE ESTÁ O PEIXE?

 Quantos animais você consegue ver nessa imagem. Só os mais inteligentes alcançam ver mais de ...