TUDO POR AMOR

Círculos “misteriosos” são encontrados no fundo do mar do Japão.

Círculos bizarros: um pequeno peixe é o artista que, com suas nadadeiras, cria padrões na areia para atrair as fêmeas / Reprodução/NHK

Lembra do filme “Sinais”, em que círculos estranhos apareciam em meio à plantação de milho? Foi mais ou menos nisso que pensou o fotógrafo Yoji Ookata quando descobriu padrões estranhos na areia, a cerca de 25 metros de profundidade, na costa do Japão.

Ookata é um mergulhador experiente que há 50 anos explora o fundo do mar para registrar os mais diversos tipos de vida marinha. Mas em todo esse tempo, ele nunca havia visto nada semelhante. Intrigado, o fotógrafo resolveu chamar alguns colegas da NHK, rede de televisão japonesa, e fazer um documentário sobre o achado.

E se eles esperavam encontrar ETs ou antigas civilizações, devem ter se frustrado ao encontrar o responsável por todos aqueles círculos bizarros. Um pequeno peixe é o artista que, com suas nadadeiras, cria padrões na areia.

O motivo é nobre: mais do que “trollar” mergulhadores, o peixinho busca a atenção das fêmeas, que são atraídas pelos vales de areia. A sabedoria da natureza vai longe: uma vez conquistada, a fêmea coloca seus ovinhos em um lugar muito bem protegido: no centro do círculo.

Um poeta arquiteto, esse peixe.

 

Veja vídeo

Sinais

Veja também

O BARQUINHO

    No início deste ano, atendendo a um pedido de dois garotos escoceses, os ...

ONDE ESTÁ O PEIXE?

 Quantos animais você consegue ver nessa imagem. Só os mais inteligentes alcançam ver mais de ...