O BARQUINHO

Foto: BBC

 

Foto: BBC

 

Foto: BBC

No início deste ano, atendendo a um pedido de dois garotos escoceses, os irmãos Harry e Ollie Ferguson, de seis e oito anos respectivamente, um navio depositou no mar do litoral africano um barquinho de brinquedo, do tamanho de uma caixa de sapatos.

O objetivo, tanto dos meninos quanto do próprio capitão do navio, que também embarcou na brincadeira, era descobrir se o tal barquinho, um pequeno navio pirata montado com pecinhas plásticas de Playmobil, mas com um aparelho de GPS dentro dele (além de um bilhete, escrito pelos próprios garotos, pedindo a quem o encontrasse que fizesse contato e o devolvesse ao mar, para “seguir viagem”), conseguiria atravessar, sozinho, o oceano Atlântico, movido apenas pelas correntes marítimas – um misto de brincadeira com experiência científica.

Para surpresa geral de todos, pouco mais de três meses depois, o barquinho dos dois garotos (que, graças ao GPS, era monitorado o tempo todo por eles, através de um site criado pelos seus pais, que também tiveram a ideia da brincadeira) foi dar, intacto, na costa da Guiana, do outro lado do oceano, a quase 4 000 quilômetros de distância.

 

O barquinho

https://historiasdomar.blogosfera.uol.com.br/2018/10/20/a-viagem-do-barquinho-dos-garotos-que-atravessou-o-oceano-vai-virar-livro/

Scottish brothers take on 500 adventures

O Barquinho – Nara Leao

 

Veja também

NÃO COMA CACHORRO. COMA PEIXE!

    Adoro peixe. Andei procurando um balanço da Semana do Peixe de 2018, mas ...

VENEZA SUBMERSA

Veneza foi inundada por uma maré excepcionalmente alta no fim de outubro, deixando até 75% ...