FÓRUM GLOBAL DE PESCA

O III Fórum Global de Pesca e Exposição de Frutos do Mar foi realizado de 10 a 12 de julho de 2019 em São Petersburgo.

.

Convidados e participantes da sessão plenária “Oceano de oportunidades: natureza, economia e pessoas“ do III Fórum Global em São Petersburgo, Rússia / Imagem: PRNewsfoto/Roscongress Foundation

.

Logo do Forum Global / Divulgação

.

São Petersburgo é chamada de “Veneza do Norte”, ou “Veneza Russa”, pois é composta por dezenas de ilhas. Para uni-las, existem centenas de pontes que cruzam seus muitos canais e rios / Foto: Dmitry Ermakov/NurPhoto via AFP/Arquivo

.

Embarcação passa pela ponte Dvortsovy durante as Noites Brancas em São Petersburgo — Foto: Dmitri Lovetsky/AP/Arquivo

.

O III Fórum Global de Pesca e Exposição de Frutos do Mar foi realizado de 10 a 12 de julho de 2019 em São Petersburgo. O evento reuniu quase seis mil pessoas – expoentes da comunidade empresarial, representantes do setor de pesca, diretores de agências setoriais de 38 países e 30 regiões russas, e também 20 delegações da Turquia, Indonésia, Bangladesh, Camboja, Namíbia, Coreia do Sul, Japão, Islândia, República da Guiné, Sri Lanka e outros países. O ministro da Agricultura da Rússia, Dmitry Patrushev, deu as boas-vindas aos participantes do Fórum.

Na sessão plenária “Oceano de oportunidades: natureza, economia e pessoas“, Patrushev esteve ao lado de Ilya Shestakov, vice-ministro da Agricultura da Rússia e diretor da Agência Federal de Pesca (Rosrybolovstvo), além de outros ministros e diretores de agências setoriais das principais potências pesqueiras, diretores de grandes organizações de pesca e líderes de regiões russas, para discutir questões e desafios essenciais para a pesca global, além de assuntos econômicos, ambientais e sociais.

Os especialistas trataram de questões específicas nos painéis:

– “Digitalização como ferramenta para a transformação da indústria pesqueira“;

– “Como vender peixe corretamente”;

– “O Ártico e a Antártida: potencial de recursos, proibição ou pesca, elementos de cooperação“;

– “Novos rostos da ciência da pesca. Novas ideias. Novas soluções“;

– “Destravando o potencial da aquicultura na Rússia e no mundo: gestão, recursos, mercados“;

– “O custo da indústria pesqueira: como avaliar a eficiência do uso comercial de um recurso nacional?“;

– “Economia do mercado pesqueiro: pesca, processamento, logística e varejo“;

– “Pesca: a dimensão social como fator de desenvolvimento de territórios.”

Foram assinados acordos importantes: um memorando de entendimento sobre a cooperação nas áreas de pesca e aquicultura entre o Ministério da Agricultura, Florestas e Pesca do Camboja e a Rosrybolovstvo foi um deles.

Em um espaço de 13.200 m², o evento Exposição de Frutos do Mar reuniu o ciclo completo do complexo pesqueiro e teve participação de 335 empresas, incluindo 151 estrangeiras, com sete estandes nacionais da Noruega, Islândia, Dinamarca, Marrocos, Turquia, China e Espanha. Também contou com 12 estandes conjuntos de regiões russas, além de uma área de negócios intitulada Centro de Varejo para negociações entre fabricantes e redes varejistas.

Fórum Global de Pesca discute o presente e o futuro do setor pesqueiro
https://exame.abril.com.br/negocios/releases/forum-global-de-pesca-discute-o-presente-e-o-futuro-do-setor-pesqueiro/

The Global Fishery Forum Discussed the Present and Future of the Fishing Sector
https://www.prnewswire.com/news-releases/the-global-fishery-forum-discussed-the-present-and-future-of-the-fishing-sector-300884672.html

Leia também:

Putin e Xi criticam domínio americano em Fórum econômico em São Petersburgo
https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2019/06/07/interna_internacional,1060118/putin-e-xi-criticam-dominio-americano-em-forum-economico-em-sao-peters.shtml

Veja também

UMA PRAIA, UMA GAROTA, UM TUBARÃO

A praia é deslumbrante: uma baía pequena e isolada, com ondas de um azul-turquesa cristalino ...

CHOCANTES PAPOS ELETRIZANTES

O impactante vídeo do eletrochoque contra a invasão de carpas asiáticas nos EUA.  Proibida no ...

TAMBAQUI CONQUISTA BRASÍLIA

Em Brasília, Festival Tambaqui dá visibilidade ao peixe amazônico. Seis toneladas de tambaqui (o equivalente ...