MANCHANDO O MAR: BALANÇO PARCIAL

Mais de 900 toneladas de resíduos foram retiradas de praias nordestinas afetadas por óleo. De acordo com o comandante de Operações Navais, Leonardo Puntel, tem que se levar em conta que o material é recolhido junto com areia. /  Danos do óleo no litoral do Nordeste vão durar décadas, dizem oceanógrafos

Desde o dia 2 de setembro, foram recolhidas mais de 600 toneladas de resíduos das praias do litoral nordestino, ao longo dos 2.250 quilômetros afetados pelo óleo. Voluntários retiram óleo da Ilha de Tatuoca, no Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco — Foto: Salve Maracaípe/Reprodução/Whatsapp
Mancha de óleo encontrada no dia 20 de outubro em Suape, no Cabo de Santo Agostinho — Foto: Salve Maracaípe/Reprodução/WhatsApp
De acordo com o comandante de Operações Navais da Marinha, almirante Leonardo Puntel, essa é a primeira vez que um problema dessa magnitude acontece na costa brasileira, o que leva à primeira execução do Plano de Contingência. “O acidente é totalmente inédito no Brasil. Arrisco a dizer que no mundo ocidental, também”, afirma.
Oceanógrafos, químicos e autoridades estaduais avaliaram o impacto da movimentação da mancha pela costa do Nordeste. “A contaminação química dura muito mais tempo do que aquilo que a poluição visual pode sugerir.” / Foto: Victor Uchôa/BBC Brasil News

Desde o dia 2 de setembro, foram recolhidas mais de 600 toneladas de resíduos das praias do litoral nordestino, ao longo dos 2.250 quilômetros afetados pelo óleo. A informação foi confirmada pelo Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA).

 Em entrevista coletiva concedida no Recife durante a tarde, o número divulgado pela Marinha era de 525 toneladas. Ao final do dia, o GAA atualizou para mais de 600 toneladas. O GAA é formado por representantes da Marinha, Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

“O cálculo é muito relativo, porque é um material que é recolhido junto com areia”, afirmou o comandante de Operações Navais da Marinha, Leonardo Puntel, durante a coletiva. A entrevista foi concedida pela Marinha, Ibama e Governo de Pernambuco, na Capitania dos Portos, no Recife.

Desde o dia 2 de setembro até 20 de outubro, o Ibama fez o registro de 67 animais com manchas de óleo. “Isso não quer dizer que esses animais morreram. A gente imaginava que isso seria pior, dada a magnitude do fato”, diz o diretor de Proteção Ambiental do Ibama, Olivaldi Azevedo.

De acordo com o comandante de Operações Navais da Marinha, almirante Leonardo Puntel, essa é a primeira vez que um problema dessa magnitude acontece na costa brasileira, o que leva à primeira execução do Plano de Contingência. “O acidente é totalmente inédito no Brasil. Arrisco a dizer que no mundo ocidental, também”, afirma.

Puntel afirmou também que as investigações a respeito do óleo continuam. “A certeza que temos é de que não é originário do Brasil. Nosso óleo é fino e a densidade desse material é maior. Sabemos que o derramamento teve origem no Oceano Atlântico, entre 500 e 600 quilômetros da nossa costa”, afirma.

Marinha informa que já retirou 900 toneladas de óleo em praias no Nordeste

https://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2019/10/21/marinha-informa-que-ja-retirou-900-toneladas-de-oleo-em-praias-no-nordeste.htm

Marinha: mais de 600 toneladas de resíduos foram retiradas de praias nordestinas afetadas por óleo

https://g1.globo.com/pe/pernambuco/noticia/2019/10/20/marinha-525-toneladas-de-residuos-foram-retiradas-de-praias-nordestinas-afetadas-por-oleo.ghtml

 

Cientistas da UFRJ determinam área mais provável de origem do óleo no Nordeste

http://g1.globo.com/se/sergipe/videos/v/cientistas-da-ufrj-determinam-area-mais-provavel-de-origem-do-oleo-no-nordeste/8012691/

Pagamento de seguro defeso em áreas atingidas por vazamento de óleo pode ser antecipado

http://www.agricultura.gov.br/noticias/pagamento-de-seguro-defeso-em-areas-atingidas-por-vazamento-de-oleo-pode-ser-antecipado

Qual tamanho da tragédia com óleo no mar do Nordeste

Veja também

UMA PRAIA, UMA GAROTA, UM TUBARÃO

A praia é deslumbrante: uma baía pequena e isolada, com ondas de um azul-turquesa cristalino ...

NOVEMBRO AZUL

Novembro Azul é um movimento mundial que acontece durante o mês de novembro para reforçar ...

MEMÓRIA DA ÁGUA

A ciência ainda desconhece qual é a origem da água. A teoria atual é que ...