DIA DA AMAZÔNIA AZUL

Anualmente, desde 2015, a Marinha do Brasil comemora em 16 de novembro o Dia Nacional da Amazônia Azul para lembrar da importância do mar brasileiro. Neste ano, porém, diante do desastre ambiental causado pelas manchas de óleo no litoral, os esforços são concentrados no combate à substância, em uma ação chamada “Operação Amazônia Azul, Mar limpo é Vida!”.

O Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) “Atlântico, o maior da esquadra da Marinha brasileira, proporciona à Marinha do Brasil importantes capacidades anfíbias e de operações navais com helicópteros embarcados para a manutenção da segurança do Atlântico Sul e a defesa dos interesses marítimos do País em qualquer parte do planeta / Foto: MB.
Vice-almirante José Augusto Vieira da Cunha de Menezes coordena a operação ‘Amazônia Azul’ — Foto: Reprodução/TV Globo

O Dia da Amazônia Azul é celebrado no dia 16 de novembro em referência à data em que a Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar (CNUDM) entrou em vigor, em 1994. O tratado foi assinado pelo Brasil e outros 118 países em 10 de dezembro de 1982, durante a terceira conferência sobre o assunto, em Montego Bay, na Jamaica. Entretanto, o Brasil só o ratificou em 1993.  O Dia Nacional da Amazônia Azul foi instituído por lei em novembro de 2015.

A Amazônia Azul é uma zona econômica marítima exclusiva do Brasil. O país tem o direito de explorar cerca de 5,7 milhões de quilômetros quadrados de oceano, o que equivale a, aproximadamente, metade da massa continental brasileira.

Essa área passou a ser chamada de Amazônia Azul justamente para indicar à sociedade a importância dessa faixa do oceano, já que é dela que saem cerca de 85% do petróleo, 75% do gás natural e 45% do pescado produzido no país.

A comemoração, desta vez, será feita de uma forma diferente, de acordo com o comandante-em-chefe de Esquadra, vice-almirante José Augusto Vieira da Cunha de Menezes.

“É uma comemoração junto com a sociedade brasileira, outros órgãos, outras forças armadas e voluntários. Ao longo da costa Norte e Nordeste do país, do [município do] Oiapoque (AM) ao Norte do Espírito Santo, nós estamos irmanados com a população para nos contrapormos ao crime ambiental da poluição por óleo”, disse ele.

Cunha também destaca a relevância da Amazônia Azul.

“É de onde tiramos praticamente todo o nosso petróleo, o gás natural, metade do nosso pescado vem desse mar e as indústrias de lazer e turismo provêm da Amazônia Azul. Nosso transporte marítimo, tudo o que importamos e exportamos vem de lá. São 95% de itens transportados por essa área”, afirmou o vice-almirante em entrevista ao G1.

No Dia da Amazônia Azul, Marinha troca celebrações por combate ao óleo no litoral.

https://g1.globo.com/pe/pernambuco/noticia/2019/11/16/no-dia-da-amazonia-azul-marinha-troca-celebracoes-por-combate-ao-oleo-no-litoral.ghtml

Comando do 7º Distrito Naval celebra o Armistício da Primeira Guerra Mundial

https://www.marinha.mil.br/noticias/comando-do-7o-distrito-naval-celebra-o-armisticio-da-primeira-guerra-mundial

Navio Polar “Almirante Maximiano” efetua lançamento de boia meteoceanográfica na Antártica

https://www.marinha.mil.br/noticias/navio-polar-almirante-maximiano-efetua-lancamento-de-boia-meteoceanografica-na-antartica

Escola de Guerra Naval sedia o 19º Simpósio de Pesquisa Operacional e Logística da Marinha

https://www.marinha.mil.br/noticias/escola-de-guerra-naval-sedia-o-19o-simposio-de-pesquisa-operacional-e-logistica-da-marinha

Veja também

UMA PRAIA, UMA GAROTA, UM TUBARÃO

A praia é deslumbrante: uma baía pequena e isolada, com ondas de um azul-turquesa cristalino ...

A BALSA DO SEXO

A ‘balsa do sexo’, um dos experimentos mais estranhos de todos os tempos. Em 1973, ...

PESCA SUSTENTÁVEL NA AMÉRICA LATINA E NO MUNDO

O quarto encontro da Aliança Latino-Americana de Pesca Sustentável e Segurança Alimentar, realizado em Mar ...