PARCEIROS DO ATLÂNTICO E NAVIO LABORATÓRIO

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) lança programa “Parceiros do Oceano Atlântico”, em prol da sustentabilidade marinha. Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) inaugura  navio oceanográfico Professor Luiz Carlos  para pesquisas no mar.

 

O “Parceiros do Atlântico” contou com a participação de mestres do mar que, voluntariamente, aderiram ao programa. São cerca de 30 embarcações atuando na pesca de atum no oceano Atlântico e que contribuem para uma gestão qualificada dessas áreas marinhas / Foto: Bruno Bimbato

.

Com a inauguração do navio oceanográfico Professor Luiz Carlos, na Marina da Glória, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) passa para outro patamar nas pesquisas oceanográficas, afirmou o reitor da instituição, Ricardo Lodi Ribeiro / Foto: Agência Brasil

.

Foi lançado,no dia 22 de janeiro, o “Parceiros do Oceano Atlântico”, um programa do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) em parceria com a Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP/MAPA), o Sindicato das Indústrias de Pesca do Rio Grande do Norte (Sindipesca/RN) e o Centro Tamar. A iniciativa, considerada estratégica para as instituições envolvidas, visa salvar espécies em extinção, fazer a destinação correta do lixo, apoiar, incentivar e divulgar o monitoramento e as boas práticas de pesca na frota atuneira sediada em Natal.

Realizado no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), o evento contou com a participação de mestres do mar que, voluntariamente, aderiram ao programa. São cerca de 30 embarcações atuando na pesca de atum no oceano Atlântico e que contribuem para uma gestão qualificada dessas áreas marinhas. De acordo com Mônica Brick, analista ambiental do ICMBio, o programa lançado funciona como um grande potencial para trabalhar a certificação ambiental da atividade, o que agregaria valor ao pescado e abriria novos mercados para a indústria pesqueira do Brasil.

Navio Laboratório – Com a inauguração  do navio oceanográfico Professor Luiz Carlos, na Marina da Glória, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) passa para outro patamar nas pesquisas oceanográficas, afirmou o reitor da instituição, Ricardo Lodi Ribeiro. “Nós passamos a ser a única universidade fluminense que dispõe de um navio laboratório”. Ribeiro disse que da mesma forma que a Uerj precisa de um hospital (Hospital Universitário Pedro Ernesto-HUPE) para a formação dos alunos de medicina e enfermagem, o navio é fundamental para as pesquisas oceanográficas. Antes, a Uerj tinha que alugar navios para que seus alunos pudessem completar a formação exigida pelo Ministério da Educação.

“Agora, nós contamos com um navio próprio, que vai dar uma outra dimensão às nossas pesquisas e também vai viabilizar parcerias com outros órgãos públicos e empresas privadas que tenham interesse na pesquisa marinha”, reiterou o reitor. Lembrou que o estado do Rio de Janeiro tem uma vocação forte nessa área, muito em função do setor de óleo e gás. “Com esse navio, a gente passa a outro patamar de capacidade para realizar essas pesquisas”. As parcerias podem ser feitas com órgãos ambientais, empresas de petróleo, de geologia e biologia marinha, entre outras.

.

Parceiros do Oceano Atlântico é lançado em Natal/RN
http://www.icmbio.gov.br/portal/ultimas-noticias/20-geral/10842-parceiros-do-oceano-atlantico-e-lancado-em-natal-rn

Uerj inaugura navio laboratório para pesquisas no mar
http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2020-01/uerj-inaugura-navio-laboratorio-para-pesquisas-no-mar

UERJ inaugura navio oceanográfico para pesquisas e projetos ambientais
https://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/cidade-alerta-rj/videos/uerj-inaugura-navio-oceanografico-para-pequisas-e-projetos-ambientais-28012020

Veja também

EMBARCANDO NA REAL

Precisamos decidir, para o bem de todos, que a pesca não tem nada a ver ...

UMA PRAIA, UMA GAROTA, UM TUBARÃO

A praia é deslumbrante: uma baía pequena e isolada, com ondas de um azul-turquesa cristalino ...

ÁGUA ALIENÍGENA

Água em outros planetas pode ser bem diferente da que existe na Terra. A água ...

O MAPA DA PESCA: DESENVOLVIMENTO

Ministra diz que pesca deve ser indutora do desenvolvimento brasileiro. Tereza Cristina participou de reunião ...