PESCADORES E MARINHEIROS – SAPERJ

PESCADORES E MARINHEIROS

Pescadores portugueses estão à beira de um ataque de nervos. Comandante do porta-aviões USS Theodore Roosevelt: “Não estamos em guerra. Os marinheiros não precisam de morrer”.

.

Em Portugal, como um temporal, o vírus ameaça encostar toda a frota ao cais / Imagem: Fvl Fernando Veludo/Nfactos

.

US NAVY/ReutersThe USS Theodore Roosevelt has more than 100 COVID-19 cases on board.

.

A reunião dos ministros da agricultura e pescas com o comissário europeu do sector terminou sem qualquer decisão no sentido de canalizar verbas do orçamento comunitário para o apoio à cessação temporária da actividade da frota portuguesa. Com o sector à beira de um ataque de nervos, e refém de um mercado que se afunilou, levando a uma quebra de preços do peixe em lota, Ricardo Serrão Santos saiu do encontro reforçando o apelo a uma intervenção mais forte de Bruxelas.

Todos nós estamos a enfrentar um tsunami e não resistiremos se a orientação for apenas para nadarmos mais devagar. Nem sequer se consegue nadar durante um tsunami. O sector da pequena pesca português e europeu só sobreviverá a esta tremenda vaga se permitirmos a paragem temporária da actividade das frotas pesqueiras e isso precisa de ser apoiado financeiramente e viabilizado por meio de alterações no Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas” (FEAMP), argumenta o ministro.

Ricardo Serrão Santos participou esta quarta-feira no Conselho Europeu de Agricultura e Pescas extraordinário, que se realizou através de videoconferência devido à pandemia de covid-19. O Ministro ainda se congratulou “com a rápida resposta da Comissão Europeia, nomeadamente com a proposta de alteração do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (FEAMP)”, mas considera que esta é insuficiente, face à situação vivida nos portos de vários países, como Espanha e Portugal, por exemplo.

Marinheiros  – Nem só em terra os nervos estão à flor da pele. Nos Estados Unidos, mais propriamente num dos seus porta-aviões, há registo de pelo menos 100 casos confirmados do novo coronavírus.

Com uma tripulação com mais de cinco mil membros, o comandante do USS Theodore Roosevelt, um porta-aviões estacionado em Guam, pede ajuda urgente ao governo federal norte-americano.

“Não estamos em guerra. Os marinheiros não precisam de morrer. Se não agirmos agora, estamos a falhar na proteção dos nossos melhores ativos: os nossos marinheiros”, escreveu o comandante da embarcação, o Capitão Brett Crozier.

Segundo o explicado pelo responsável pela marinha dos Estados Unidos, Thomas Modly, as autoridades estão ao corrente deste caso “há 24 horas”, estando a tentar encontrar forma de assegurar o desembarque dos casos confirmados e isolar a tripulação composta por cerca de 5000 marinheiros.

 

Veja também

EMBARCANDO NA REAL

Precisamos decidir, para o bem de todos, que a pesca não tem nada a ver ...

UMA PRAIA, UMA GAROTA, UM TUBARÃO

A praia é deslumbrante: uma baía pequena e isolada, com ondas de um azul-turquesa cristalino ...

VISÃO NOTURNA

2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral realiza primeiro voo de carga externa com óculos ...

A FELICIDADE E OUTROS NAUFRÁGIOS

O filósofo Epicuro explicou que o culto a deuses é um desperdício de tempo, que ...