Home » Tag Archives: alimentação

Tag Archives: alimentação

PÁSCOA SEM BACALHAU

Páscoa sem bacalhau: veja receitas com outros peixes e frutos do mar

Quando se trata de almoço de Páscoa, parece ser automático pensar em bacalhau. O peixe é onipresente no menu festivo em todo tipo de receita: assado, gratinado, na forma de moqueca ou até com crosta de linhaça e chia, para quem quer uma pegada mais “fitness” no feriado.

A “culpa” do cardápio é dos portugueses, de acordo com a banqueteira Rita Atrib, do bufê paulistano Petit Comité – foi com a vinda da Família Real para o Brasil em 1808 que o peixe acabou entrando na vida da população, em especial nas festas como Páscoa e Natal. “Ele é um produto caro e, por isso fica difícil para os brasileiros consumi-lo com muita frequência.”

Justamente por conta do preço – ou por causa de seu sabor – há quem prefira procurar alternativas para os almoços da Sexta-feira Santa (quando, tradicionalmente, não se consome pratos com carne vermelha) e do domingo de Páscoa.

“Se a pessoa quiser gastar menos, a merluza é comumente usada no lugar das receitas feitas com bacalhau”, explica Rita. “Existem também outros peixes com sabor e textura que chegam mais ou menos perto do ingrediente, como o pintado, surubim ou pirarucu, considerado o ‘bacalhau da Amazônia”.

Outras sugestões de Rita Atrib de peixes para a ocasião são tainha, atum, sardinhas e cação. “Para quem não pode gastar muito, cubos de cação ao forno ficam uma delícia se assados à moda do bacalhau à portuguesa – com batatas, cebolas, tomates, ovos, alho azeitonas, ervas frescas e, é claro, muito azeite”.

Se preço não for impedimento, a banqueteira tem outras sugestões de prato com frutos do mar especialmente para a ocasião. “Pode ir da sardinha à lagosta, não existe regra. Para quem gosta e pode investir um pouco mais, um delicioso bobó de camarão é uma sugestão que agrada a maioria das pessoas”, diz. Sugestões como o Salmão no Papillote ou ainda o Atum com Molho de Cachaça  também são opções interessantes para o almoço festivo.

RECEITAS

OPERAÇÃO SEMANA SANTA

 

PEIXE VIVO

Rede de supermercados cria embalagem de congelados que se comportam como peixes recém-pescados.

            Com a tecnologia atual, o peixe congelado pode ser uma opção melhor que peixe fresco. Novos processos na indústria da pesca permitem que os peixes sejam congelados diretamente nos barcos ou em poucas horas após serem capturados, preservando seu sabor, textura e benefícios nutricionais.

Por outro lado, os peixes vendidos nos mercados como “frescos” frequentemente passaram por uma longa viagem de uma semana ou mais até chegarem às prateleiras das lojas e durante esse período o processo de decomposição do peixe está em andamento, fazendo com que o peixe congelado seja uma opção mais saudável.

Comer frutos do mar congelados pode parecer uma punição. Mas com a tecnologia atual, o peixe que sai do seu freezer é delicioso, nutritivo, econômico e geralmente melhor para o meio ambiente do que frutos do mar recém-pescados… Frutos do mar congelados, por diversos motivos, são melhores do que frescos, de acordo com o National Geographic.

Entretanto, muitas pessoas não sabem disso e ainda tem preconceito de incluir peixe congelado em suas dietas. Então, para comunicar o frescor de sua linha de peixes congelados, Mila, uma cadeia de supermercado polonesa com 189 lojas pelo país decidiu fazer um experimento com seus clientes.

Mas como mostrar o frescor de um peixe congelado e mudar a percepção do consumidor?

Dando vida às suas embalagens. Assim surgiu “The Live Fish Pack” (“pacote de peixe vivo”, numa tradução bastante livre).

Utilizando técnicas animatrônicas, foi desenvolvido um conjunto de embalagens especiais que faziam os peixes congelados se comportarem como peixes recém-pescados. As embalagens foram conectadas através de wi-fi a um sensor de proximidade e elas podiam tremer ou pular nos freezers, surpreendendo os consumidores que se aproximavam da seção de comida congelada.

A ativação foi transmitida pela internet onde as pessoas podiam ver a loja em tempo real e ativar três diferentes tipos de peixe para surpreender os clientes.

Confira

 

Mais peixe vivo

 

FOME DE PEIXE

Até Forrest Gump já sabia que a dieta norte-americana não é das mais ricas e saudáveis do planeta. Mas um novo relatório do Ministério da Saúde dos Estados Unidos, preparado para o Ministério da Agricultura local (USDA), quer mudar este panorama – incluindo mais e mais pescado no prato.


Sem título

Fonte: Seafood Brasil

Filé de Peixe Grelhado

Filé de peixe grelhado com páprica e salada de quinoa e pepino em 30 minutos com 4 Porções

Ingredientes

• 1 xícara (chá) de quinoa
• 2½ colheres (sopa) de azeite
• 500 g de filés de peixe (robalo, namorado ou linguado)
• 2 pitadas de páprica doce ou picante
• 2 pepinos japoneses cortados em cubinhos com casca
• ⅓ de xícara (chá) de dill fresco
• ⅓ de xícara (chá) de queijo-de-minas cortado em cubinhos
• 2 colheres (chá) de suco de limão

Fabiana2-199x300Modo de Preparo
Em uma panela pequena, misture a quinoa, 2 xícaras de água, sal e leve ao fogo até ferver. Cozinhe em fogo médio por 15 minutos ou até a água evaporar e a quinoa fica al dente. Coloque a quinoa em uma tigela e deixe esfriar. Enquanto isto aqueça uma frigideira antiaderente com 1 e ½ colher do azeite e frite os filés de peixe temperados com sal, pimenta e páprica por 4 minutos de cada lado até ficarem dourados e cozidos. Misture o pepino, o dill o queijo-de-minas, o azeite restante e o suco de limão na tigela da quinoa e tempere. Sirva os filés de peixe com a salada de quinoa.